IMPRENSA

Em três anos, São Gabriel do Oeste reduz casos notificados da dengue em mais de 1,5 mil %

07.03.2019 · Geral

São Gabriel do Oeste não está imune aos casos de notificação da dengue, mas vem apresentando números significativos de redução. Em três anos, o índice passou de 910 casos notificados em 2016, para 57 em 2019. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, apresar da redução, os dados ainda inspiram cuidados e o alerta é para que a comunidade continue colaborando para acabar com a transmissão da doença no município.

 

Os dados apontados são referentes ao período do dia 1 de janeiro ao dia 1 de março deste ano. São 57 casos notificados, sendo que alguns deles apresentam sintomas característicos da doença, porém, aguardam resultados de exames clínicos e laboratoriais para diagnóstico preciso. Comparado à 2016, o índice de redução supera 1,5 mil %.

 

“O combate ao mosquito transmissor da dengue deve ser contínuo. Tivemos uma redução expressiva, mas isso não significa que podemos descuidar. Todos os esforços são para zerar essas notificações, mas precisamos do auxílio dos moradores. A transmissão, em sua maior parte, é decorrente de criadouros mantidos em ambiente doméstico”, explica a secretária de Saúde do município, Michele Paupério.

 

A principal orientação para o combate ao Aedes aegypti é evitar focos de acúmulo de água, locais propícios para criação do mosquito transmissor. A Prefeitura Municipal, em acordo com a Lei Estadual nº 4812, vem notificando proprietários de imóveis para auxiliar na conscientização. Também realiza contínua limpeza de terrenos e espaços públicos, além do trabalho desenvolvido pelos agentes de saúde e combate às endemias.

 

De acordo com a coordenadora de Vigilância Epidemiológica do município, Ilaine Marocco, o combate ao mosquito foi intensificado em dezembro do ano passado, com a Semana de Mobilização Integrada para o Combate ao Aedes aegypti. Na ocasião, foram realizadas palestras, teatro e a distribuição de materiais informativos. Durante todo o ano a Secretaria de Saúde, por meio de seus profissionais, têm trabalhado em ações contínuas de conscientização e combate ao mosquito, visitando as residências e solicitando a retirada de materiais que possam servir de criadouros do vetor.

 

Uma nova campanha está sendo elaborada pela Prefeitura com objetivo de conscientizar a população de São Gabriel do Oeste sobre os riscos das doenças provadas pelo Aedes. Um Projeto de Lei em tramitação na Câmara prevê, inclusive, premiação aos participantes, com intuito de incentivar as boas práticas de combate ao mosquito, que além da dengue, também é responsável pela transmissão de doenças como a zika e a chikungunya.

Para navegação via teclado,
utilize a combinação de teclas
conforme o modelo abaixo:
ALT + [N° de atalho]

Atalhos de navegação:
Atalhos para contraste do site:
7 Cor original
8 Com contraste
Tamanho da Fonte
A+ A-