IMPRENSA

Campanha Agosto Lilás combate à violência contra mulher em São Gabriel do Oeste

06.08.2019 · Secretaria Municipal de Assistência Social
  • agostolilas2222

Com o objetivo de combater a violência contra o público feminino, a Prefeitura Municipal de São Gabriel do Oeste, através da Secretaria de Assistência Social, lançou na última semana, a Campanha Agosto Lilás, que este ano tem em pauta os 13 anos da Lei Maria da Penha. Realizado desde 2016, o Agosto Lilás entrou no calendário de eventos de Mato Grosso do Sul, sendo a maior campanha de enfrentamento e combate à violência com ações executadas nos 79 municípios do Estado.

 

De acordo com a Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres, responsável pelo desenvolvimento da campanha na cidade, durante todo o mês de agosto, serão realizadas diversas mobilizações como palestras, blitz e panfletagens, visando a divulgação da Lei Maria da Penha e a conscientização para sensibilizar a sociedade sobre a importância da denúncia em casos de violência doméstica e familiar.

 

Para a secretária de Assistência Social, Rosane Moccelin, a Campanha tem em seu foco, coibir todas as formas de violência contra a mulher. “Precisamos que a comunidade esteja atenta e saiba identificar e denunciar as agressões, sejam elas: violência física, verbal, psicológica ou sexual. Com o Agosto Lilás esperamos encorajar as mulheres agredidas a buscarem os seus direitos, além do apoio e da proteção necessária em uma rede de atendimento especializada”, disse a secretária.

 

Segundo dados da Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres do MS, só no primeiro semestre de 2019, já foram registrados 16 casos de feminicídio, sendo doze no interior do Estado e quatro na Capital. “A violência é progressiva e muitas vezes o que começa com um xingamento pode terminar em um feminicídio”, alertou Rosane. “A última coisa que deve acontecer, em um caso de agressão é a mulher continuar calada, sem pedir ajuda. O silêncio pode custar uma vida”, completou.

 

Como denunciar

 

A denúncia de violência doméstica pode ser feita na delegacia (Ligue 190), com o registro de um boletim de ocorrência, ou pela Central de Atendimento à Mulher (Ligue 180), serviço da Secretaria de Políticas para as Mulheres. A denúncia é anônima e gratuita, disponível 24 horas, em todo o país. Para proteger e ajudar as mulheres a entenderem quais são seus direitos, em 2014, a Secretaria lançou um aplicativo para celular (Clique 180) que traz diversas informações importantes, como os tópicos da Lei Maria da Penha.

Para navegação via teclado,
utilize a combinação de teclas
conforme o modelo abaixo:
ALT + [N° de atalho]

Atalhos de navegação:
Atalhos para contraste do site:
7 Cor original
8 Com contraste
Tamanho da Fonte
A+ A-